quinta-feira, 9 de junho de 2016

ORIGAMI: Consoante F, G e H




ORIGAMI: Vogais, contextualizando a sala de aula

Alfabetizar é um processo muito delicado e o educador tem de está pronto para brincar com os conteúdos de sala sem fugir de seus objetivos. Temos aqui os diagramas das vogais em origami. Ótimos para uma mudança nos paradigmas de sala de aula que trabalham apenas com desenhos e pinturas de letras.
As possibilidades de produção de atividades são tamanhas. O educador ao mesmo tempo que ensina a criança a fazer o origami, vai também aprender. As letras executadas pelas crianças poderão compor quadros de avisos, crachás gigantes de objetos. A criança vai exercitar as variadas potencialidades necessárias a sala de aula.






ORIGAMI: Padre


Tenho muito orgulho deste origami. Ele surge de uma encomenda. Uma papelaria no bairro da Marambaia em Belém/ Pará/ Brasil. Lembro que o dono da papelaria queria um presépio completo todo feito com origami, bem eu não possuía diagramas de um presépio completo com vaca, camelo, ovelha, os reis magos e tudo mais, então coloquei a imaginação para trabalhar  e de quebra cheguei a esse resultado.
O presépio da papelaria foi feito, mas não agradou o dono que ficou incomodado com o fato do menino Jesus está proporcional ao corpo de Maria e José que sem muito esforço podia até carregar o moleque no colo.

DESENHO E PINTURA: Manhas e art[e]manhas em Santa Isabel do Pará


Na falta de material para pintura as crianças da Escola Marilete Ferreira da Silva contribuíram com arte e alegria o espaço do refeitório. O momento colorido que inaugura um espaço contagiante. É incrível a alegria das crianças ao deparar-se com o resultado do pareceu no inicio uma grande brincadeira.
Todos os dias pela manhã as crianças trazem seus responsáveis pela mão até a área coberta onde fica a mesa do refeitório e começam a explicar tudo que aconteceu durante a aula para que o resultado fosse aquela mesa cheia de olhares e sorrisos.

ORIGAMI - Oficina de origami com a terceira idade


O grupo da terceira idade que atua no Centro de referência e assistência social da Cremação em Belém/ Pará/ Brasil, recebeu com muita alegria a atividade desta segunda feira. É importante para esse grupo de pessoas cansadas de seus afazeres comuns entrar em contato com atividades que estimulem e reorganizem suas potencialidades. Espero um novo convite, pois nunca estive em tão agradável companhia. O grupo mais sorridente e cheio de vida com que trabalhei nesse ano.