E-Zine

1 - Escolas, mangueiras e solidão (AQUI)

Jogos infantis, palavras soltas e uma cidade das mangueiras que não permite o movimento das Quimeras. Escolas, mangueiras e solidão veste-se de uma Belém Boemia, com seus poetas mendigos gofando fantasia. Uma cidade neurótica que disfarça seus moradores com simbolismos tocantes.
O poeta é um solitário que vaga por entre as mangueiras, desenhando as portas de sua loucura nas garrafas que deixa pelo caminho. Fala sobre a vida, o amor, a infância e a própria solidão.








........................................................................................................



Prometeu entregou o fogo do conhecimento aos homens e estes até hoje não sabem o que fazer com ele. Somos prisioneiros de nossos medos e manias. Desonestos com nosso modo de aprender e ensinar. Incrivelmente covardes diante do mundo novo que se apresenta todo dia.
Quantos de nós vivemos apenas para esperar pela morte, com medo de viver todo dia um novo dia?










......................................................................................................



Quantos amigos você tem? Quantos amigos de verdade?
Escrevi este texto depois que ele foi embora da minha casa e deixou para trás uma saudade que nunca imaginei que fosse sentir.
Sabe aquele amigo que fica intimo de todos os teus amigos e que todos perguntam por ele quando você chega. Eu tive um amigo assim. Comia minha comida, bagunçava minhas coisas, sujava minha roupa e eu não sabia, mas me divertia com ele, mas agora só me resta a saudade.








......................................................................................................



Quase uma biografia. Um registro linguístico, pois tomei por decisão não corrigir a gramática. Permitir que esse trabalho recordasse por mim a gramática de minha juventude. Quero abrir este conteúdo daqui a 20 anos e tentar lembrar da minha vida como estudante e permitir que estas lembranças me ensinem a respeitar os jovens escritores que ainda estão por vir.
O conteúdo aqui exposto são cartas de minha juventude, anotações que não se perderam no tempo e que encontrei em gavetas, pastas e cadernos.
A pergunta que me faço ao vasculhar meu passado é quão bom escritor um dia poderei ser?
Revivam em minhas paginas as aventuras de minha adolescência e o inicio de minha adultice.




.....................................................................................................



Estava no teatro como ator na peça "O Dúbio" quando escrevi este trabalho e assim como todos os desenhos da época foi um trabalho quase que inconsciente. Não lembro de ter escrito, assim como não lembro dos desenhos que fiz no escuro da coxia.
Meu personagem era médico psiquiatra e estava afetado pelo ambiente, este não apenas tratava os loucos mas vivia suas alucinações.
No lugar mais sereno de nossa mente habita o sonho de outra pessoa.








......................................................................................................


6 - O Puto (AQUI)

Um trabalho obviamente cheio de vícios. Mas que é fruto de um ventre de realidade que pode ser encontrado em qualquer pagina de jornal matinal.
Leite, café, pão com margarina e um amor passional, tudo que um bom dia pede. As honras de um jovem que seduzido pelo dinheiro entrega seu corpo a uma mulher carente que transforma seu machismo em sabedorias para um senhor que pede pela morrer.
Um jovem e seu pai em discurso de nostalgia. Quem pode julgar a maneira de amar?


23 comentários:

  1. Parabéns, fiquei instigada em ler seu trabalho, começo amanhã por Cartas de um mal educado. Bjs e sucesso!

    ResponderExcluir
  2. São leituras fantásticas um trabalho maravilhoso, achei as imagens incríveis abraços.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de ebooks, gostei de alguns títulos, deixarei salvo aqui para não esquecer os nomes. Obrigada pelas sugestões.

    ResponderExcluir
  4. Muitos títulos bacanas!Estava verificando os temas e o das escolas,mangueiras e solidão retrata uma realidade de forma atraente!
    ótimas literaturas .Abraço

    ResponderExcluir
  5. Espetáculo, Myke! Os textos, excelentíssimos...parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns amado! muito legal os textos, ameiiiiiiiiiii, estou te seguindo, beijinhossssssss

    ResponderExcluir
  7. sEGUINDO SEU BLOG COM TODO CARINHO P TE ACOMPANHAR! BJINHOS

    ResponderExcluir
  8. oi sempre muito criativo seu trabalho,textos que presem,parabéns.Bjus.

    ResponderExcluir
  9. Olá,boa noite,Myke!
    Vc é muito talentoso,além de escrever muito bem,ainda desenha!Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Olá Myke!Belíssimos textos,lindas imagens e desenhos,bem criativos.Bjs

    ResponderExcluir
  11. Muitos títulos bacanas, quero ler!

    Bjokas da Vaci :*

    ResponderExcluir
  12. GOSTEI MUITO DOS TEXTOS,LINDAS IMAGENS,PARABÉNS PELA POSTAGEM:
    ESTOU SEGUINDO SEU BLOG.BEIJOS
    LINK DO MEU BLOG:http://artesanatodanil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Gostei, muito proveitosas as linhas de cada texto abrangendo ainda mais meus conhecimentos

    Abraços
    Rafael

    ResponderExcluir
  14. São leituras fascinantes um trabalho fantástico, achei as imagens incríveis.
    Deus te proteja sempre

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo trabalho, ainda não li, pois não teria como ler tudo num só momento, mas aos poucos vou lendo seus textos. Fiquei curiosa em ler o Cartas de um mal educado, com certeza será o primeiro a ser lido!

    Minda
    Bjs ❤

    ResponderExcluir
  16. Bah muito tri seus textos li dois mas voltarei para acompanhar os outros parabéns tens muito talento beijos

    ResponderExcluir
  17. Muita vontade de ler todos ,mas não faltará oportunidade
    Muito bonito seu trabalho.Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  18. Olá,amigo!!!
    Seus trabalhos são maravilhosos,pois o ato de ler deve ser incentivado,pois traz conhecimento e riqueza para o nosso ser.Desejo muito sucesso no seu trabalho.Bjsssss

    ResponderExcluir
  19. Um trabalho esplendoroso!Quanta leitura instigante. Parabéns por dividir essa maravilha conosco.
    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Parabéns texto lindo e os desenhos também.

    ResponderExcluir
  21. Me. Myke, estou impressionado com a criatividade, riqueza e singularidade que apresenta os seus títulos e textos. São de boa qualidade. Parabéns. Você é muito talentoso e genuíno. E isso é evidente, repito, nos absurdos textos muito bem construídos. Abraços!

    ResponderExcluir